3 dicas para a administração do fluxo do caixa

Chegou até aqui porque está meio perdido com o fluxo de caixa? Não está sabendo como administrá-lo? Então veio ao lugar certo. Confira nesse artigo dicas para administrar seu fluxo de caixa de uma forma prática e segura.

Quem tem um negócio, principalmente, quem está começando sabe como o fluxo de caixa pode ser bem complicado,

Na verdade, para quem não sabe, fluxo de caixa significa o registro de todo o dinheiro que entra e sai de uma empresa. Ou seja, o sucesso de uma empresa depende de uma boa administração desse fluxo, de um cuidadoso planejamento de todas as suas contas a pagar e a receber, justamente, para que a conta não fique no vermelho. em em nosso site Confira como administrar um Pet Shop e ter sucesso, você vai longe.

Se sente meio perdido na hora de administrar seu fluxo de caixa? Então, confira abaixo algumas dicas que podem lhe ajudar nesse processo:

1) Identificar todas as contas da empresa

Não tem jeito, para ter um negócio de sucesso é preciso saber administrar o dinheiro que entra e sai. Uma dica é começar a se organizar fazendo uma lista com todas as contas bancárias que estejam em nome na empresa, caso exista mais de uma.

Isso é porque, muitas vezes, pode-se receber de um cliente em uma determinada conta corrente, pagar fornecedores através de uma outra conta, e aplicar em um outro banco.

Por isso, é fundamental identificar todas as contas, sem dúvida, é o primeiro passo para começar a se organizar e não descobrir que sobrou em uma conta, faltou em outra. Enfim, acompanhar o saldo em cada uma dessas contas, diariamente.

Aqui também temos 6 Dicas para abrir um Pet Shop de sucesso e garantimos que pode te ajudar.

2) Classificar receitas e despesas

É fundamental procurar manter todas as receitas e despesas sob controle, e uma dica é classificando-as, para facilitar na hora de gerar relatórios com informações que podem ajudar a verificar onde é possível economizar e onde é possível aumentar o faturamento. E nessa lista é preciso constar desde as despesas com funcionários, até gastos com matérias-primas, pagamentos de impostos, receita de pagamentos à vista e a prazo.

Sem dúvida, organizando fica muito mais fácil controlar o fluxo de caixa.

3) Escolha a melhor ferramenta

Embora seja até possível seguir os passos de seus avós, que controlavam o caixa em arquivo de papel, o bom e velho livro caixa, hoje os tempos são outros e a tecnologia já oferece formas de facilitar todo o trabalho de gestão do fluxo de caixa.

Ok, você até pode fazer uma boa gestão usando arquivos de papel, sem dúvida, cada modelo oferece suas vantagens, enquanto usar papel é mais barato, por exemplo, por outro lado, não é prático e, muito menos, confiável e seguro.

Hoje existem no mercado excelentes programas de gestão, em nuvem, super seguros, mas bem mais acessíveis, de qualquer lugar voc~e acessa suas informações.

Embora esses softwares para a gestão empresarial possam até exigir algum investimento inicial, eles costumam ser muito fáceis de usar, além de contarem com suporte e poderem fazer todo o trabalho de gestão, desde o controle de estoque (outra dor de cabeça) até o fluxo de caixa.

Nesse sentido, quem se interessar por algum software, simples, eficiente e com o melhor custo benefício do mercado, sem dúvida, o NuvemVet é a melhor solução, já bem conhecido e sem pesar nada no bolso.

Pronto, agora é aproveitar essas dicas e não deixar que a administração do fluxo de caixa impeça o sucesso de sua empresa.

Author:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *